MegaCities ShortDocs festival dedicado a iniciativas sustentáveis e de impacto social abre inscrições para sua 9ª edição

Da Redação.

As inscrições para o MegaCities ShortDocs, festival de documentários cidadãos, lançado há 9 anos em Paris, e que chegou ao Brasil, no ano passado, numa parceria da marca São Paulo São e a ONG Métropole du Grand Paris já estão abertas no site oficial do concurso.

O MegaCities ShortDocs é aberto para todos os cidadãos que queiram produzir um curta-metragem de no máximo 4 minutos sobre causas sustentáveis e de impacto social.

O Festival é válido para realizadores em cidades com mais de um milhão de habitantes (530 no mundo, 17 no Brasil). Destaca, através da produção audiovisual, iniciativas que abordam os desafios urbanos, ambientais e sociais de impacto positivo para melhorar a vida das pessoas nas maiores cidades do mundo.  

O MegaCities ShortDocs é aberto para todos os cidadãos que queiram produzir um curta-metragem de no máximo 4 minutos destacando uma iniciativa local que responda a um desafio urbano e a uma questão econômica, social ou ambiental em suas cidades. Os curtas devem testemunhar soluções concretas imaginadas por e para os habitantes, mas também por associações locais, metropolitanas ou internacionais, setor público, instituições e empresas. 

Mauricio Machado, representante do MegaCities ShortDocs no Brasil. Imagem: RA Filmes.

Para Maurício Machado, criador da marca São Paulo São e responsável pelo Festival no Brasil, a iniciativa é muito importante pois “Ao dar voz a quem luta diariamente por cidades mais resilientes e mais justas, esses documentários, traçam um retrato dos principais desafios para as questões urbanas atuais e sinalizam para soluções futuras dos problemas urgentes das grandes cidades”.

Como assinala Patrick Ollier, Presidente da Métropole du Grand Paris: “Numa época em que o mundo está se tornando cada vez mais urbano, as grandes metrópoles estão enfrentando desafios comuns, como por exemplo a crise climática. Esta iniciativa permite a estas metrópoles unir forças para encontrar novas soluções e desenvolver a solidariedade, a fim de imaginar cidades respeitosas ao meio ambiente e oferecer espaços de vida adaptados às novas gerações, integrando-as ao mesmo tempo nas áreas urbanas em geral.

As escolhas

Cerimônia de premiação em Paris.

Um júri formado por diretores e protagonistas de mudanças na França e no exterior, selecionará os documentários mais inspiradores, que serão exibidos durante a cerimônia final em Paris no dia 22 de maio de 2024 e, em outras cidades do mundo.

No Brasil, o júri escolhido pela São Paulo São, integrado por especialistas e convidados ligados ao tema, vai avaliar os concorrentes em cinco categorias. Melhor Curta Documentário, Melhor Curta Estudante e aqueles que se destacaram ao traduzir os temas Crise Climática Urbana, A Cidade em 15 minutos e Melhor Iniciativa Urbana. .

A partir da seleção, serão concedidos 6 prêmios desta 9ª edição, com um valor total de € 11.500. Três dos vencedores também serão convidados para o Festival de Cinema de Cannes e o melhor curta premiado subirá as escadas do festival em 24 de maio de 2024.

Didier Bonnet, fundador do festival, lembra: “As cidades do mundo oferecem muitas atrações, mas também concentram grandes desafios. Precisamos de cidadãos comprometidos para lançar luz sobre os cantos mais escuros da cidade por meio de relatórios sobre as iniciativas realizadas por um indivíduo ou uma comunidade. E isso pode inspirar outro morador ao colocar em prática um projeto que mudará a vida de um vizinho, de uma família, de um bairro ou de uma cidade”.

A linha de teleférico que liga o bairro de Santo Domingo ao centro da cidade de Medellin, exemplo de ação do Estado e a sociedade. Foto: Carlos Mora / Alamy.

As categorias

  • Melhor Curta Documentário.
  • Melhor Curta Estudante.

Prêmio – menção para os assuntos

  • Crise Climática Urbana (4 e/ou 15 minutos).
  • Proximidade Feliz – Cidade de 15 minutos (4 e/ou 15 minutos).
  • Melhor Iniciativa Urbana.

Reconhecimento para políticas públicas

  1. O “Reconhecimento Honorário de Escolha Pública”, concedido em colaboração com os Institutos franceses de todo o mundo, aos mais votados curtas-metragens exibidos publicamente;
  2. E o “Reconhecimento Honorário de Inovação do Setor Público”, concedido a uma cidade com mais de 1 milhão de habitantes que apresenta um filme institucional mostrando um alto nível de comprometimento com a esfera urbana, social e/ou ambiental.

Os premiados da edição 2022.

Cena do curta “They don’t need to know (Eles não precisam saber)”, grande vencedor da edição 2022 do MegaCities ShortDocs. Imagem: Reprodução.

No ano passado, na oitava edição, “They don’t need to know (Eles não precisam saber)”, curta da Indonésia, foi escolhido o Melhor Curta da competição. O curta brasileiro, “Ecocidade, a cidade precisa de Agroecologia” de Pedro Urano (São Paulo) ganhou menção honrosa na categoria “Cidade de 15 minutos”.

Apoios

Ciclistas na Rue de Rivoli no centro do Paris. Foto: Commune de Paris.


A iniciativa no Brasil conta com o apoio institucional do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima, do Consulado Francês, da Aliança Francesa Brasil, da CCFB – Câmara de Comércio França Brasil, da ESPM – Escola Superior de Propaganda & Marketing e da SMRI – Secretaria de Relações Internacionais da Prefeitura de São Paulo.

Conta ainda com o apoio de mídia da TV Cultura, da TV Brasil, da EBC- Empresa Brasileira de Comunicação, do Canal Curta!, do Portal Earth News Terra, do Canal MyNews, do Jornal Meio & Mensagem e da RA Filmes.

Sobre a Grande Metrópole de Paris

A Métropole du Grand Paris foi criada em 1 de janeiro de 2016. Foi fundada pela lei de 27 de janeiro de 2014 sobre a Modernização da ação pública territorial e a afirmação das metrópoles, e reforçada pela lei de 7 de agosto de 2015 sobre Novas organizações da República. 

Sobre a Film 4 Sustainable World

Associação de interesse geral fundada em Paris em 2014, cujo objetivo é inspirar através de documentários curtos, moradores, associações, empresas e autoridades eleitas a criar novas iniciativas, no coração das maiores+5511 cidades do mundo, contribuindo para uma sociedade mais justa e mais respeitosa com o meio ambiente.

***
Da Redação.



Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.