Em fotos, visões femininas na cidade

Quem circula pela Av. Paulista esquina com a Rua Augusta, quase sempre atende ao “convite” de entrar no Condomínio Conjunto Nacional (CCN). Mais do que um prédio imponente e bem conservado, pelas suas alamedas circulam mais de 40 mil pessoas por dia. São trabalhadores, residentes, curiosos, turistas ou apenas pessoas interessadas em cortar caminho para acessar a Rua Padre João Manoel ou a Alameda Santos.

O térreo do CCN é uma mistura: há estabelecimentos comerciais, o Cine Arte, e a Livraria Cultura; cafés, restaurantes, sorveterias; lojas de roupas, perfumarias, além de pipoqueiro, engraxate e uma gigante escultura de Dom Quixote. Temporariamente os seus corredores reúnem exposições artísticas.

No domingo passado prestigiei a abertura da mostra fotográfica “Respira SP – O feminino na cidade | 2016”, um trabalho maravilhoso da guerreira Valkiria Iacocca, e de sua trupe de profissionais e de parceiros os quais, mais uma vez, arregaçou as mangas para colocar de pé um projeto muito bacana.

Mais de 60 fotógrafos participaram desse trabalho, emprestando suas visões particulares sobre o universo feminino. O resultado está lá, para ser apreciado de perto, sem pressa, e com o olhar atento. Cada imagem é uma descoberta, que instiga e faz pensar como as energias femininas transitam nessa nossa Sampa tão diversa quanto surpreendente. Afinal, a responsabilidade de ser mulher nos dias atuais numa metrópole como São Paulo vai muito além do trabalho e da correria diária, pois antes de tudo a mulher é o ser que incorpora todas as qualidades associadas à feminilidade, como o acolhimento, a ternura, a intimidade, além do mito de ser mãe. E foi isso que pude contemplar.

 

‘9h‘. Anna Muylaert por Tiago Prado.

 

‘Floating over my words‘ na foto de Viviane Pepice.

Entre os fotógrafos figuram Arza Rose Steinmetz, Eduardo Muylaert, Fernando Louza, Helô Mello e Mariana Seber. Entre as mulheres fotografadas estão Anna Muylaert, Luiza Trajano, Dagmar Garroux, Ana Paula Padrão, Teté Ribeiro e Estela Renner.

Nos dias que virão, quando você estiver circulando por aquela redondeza, anime-se e percorra em ritmo lento as imagens preparadas com talento, afeto e entrega por mulheres e homens com as suas câmeras nas mãos, para cutucar o lado feminino existente em cada um de nós.

Por aqui, fico. Até a próxima.

Serviço

Exposição Respira SP – O feminino na cidade | 2016.
Produção: Valkiria Iacocca e Mariana Seber.
Onde: Espaço Cultural Conjunto Nacional.
Endereço: Avenida Paulista, 2073 – Piso Térreo – São Paulo.
Exposição: De 30 de outubro a 22 de novembro de 2016.
Horário: De segunda a sábado das 9:00 às 22h / Domingos e feriados das 10h às 22h.

***
Leno F. Silva é diretor da LENOorb – Negócios para um mundo em transformação e conselheiro do Museu Afro Brasil. Editou 60 Impressões da Terça, 2003, Editora Porto Calendário e 93 Impressões da Terça, 2005, Editora Peirópolis, livros de crônicas. Escreve toda semana para o São Paulo São.

 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.